Novidades Profauna

21/01/2018 14:00

Universidade americana trabalha novamente com o PROFAUNA em Ubatuba (SP)


Universidade americana auxilia atividades do PROFAUNA e aprimora conhecimentos de seus alunos. A professora Ashley Byun (de chapéu) coordena o projeto

O PROFAUNA - Proteção à Fauna e Monitoramento Ambiental recebeu em Ubatuba (SP), entre 4 e 11 de janeiro, uma equipe de 13 representantes da Farfield University (Connecticut, Estados Unidos) no projeto de desenvolvimento de pesquisas e estudos para capacitação de seus alunos. O grupo era composto por 10 alunos de cursos de áreas ambientais, dois monitores e a professora da área de Biologia Drª Ashley Byun. Em agosto do ano passado, outra turma da universidade já esteve com os ativistas do PROFAUNA acompanhando as atividades que desenvolvemos.

Tiago Leite durante atividade na mataNesta oportunidade, os alunos puderam auxiliar nos trabalhos do 101-A BR da Vida, acompanhando o monitoramento da rodovia no levantamento de animais silvestres atropelados. Eles também puderam realizar experimentos para estudar a direção das rotas de vôos de pássaros. O objetivo é encontrar medidas que reduzam os atropelamentos das aves na rodovia.

Foi realizado também um trabalho com moradores de algumas comunidades de Ubatuba sobre a presença e registros de avistamentos do Muriqui-do-sul (Brachyteles aracnóides), maior espécie de primata da América do Sul e uma das mais ameaçadas do mundo. A equipe da Fairfield participou de estudos de campo como levantamento de fauna com instalação de câmeras trap e de armadilhas de areia para captura de pegadas; de duas oficinas de permacultura com a ONG CATAMARAM, em que foram feitos uma espiral de ervas (técnica de jardim utilizada para áreas com pouco espaço) e um minhocário para auxiliar na decomposição de matéria orgânica e promover a geração de húmus.

O coordenador geral do PROFAUNA, Tiago Leite, considerou positiva a experiência, principalmente pelo estreitamento da parceria entre a Fairfield University e a ONG. "Com certeza outras turmas virão até Ubatuba e os resultados dos trabalhos técnicos que desenvolvemos juntos auxiliarão na conservação de nossa biodiversidade", concluiu.

Americanos aprendendo sobre permacultura

O PROFAUNA agradece a todos os profissionais que tornaram este projeto possível! Muito obrigado ao Rancho Pica Pau e toda sua equipe, à Ecotuba e seus colaboradores, à clínica veterinária VidaVet e ao veterinário Marcelo Bocardo, à bióloga e tradutora Geiza Viana, ao barco Primavera é seu capitão Passarinho, aos guias Douglas, Fábio, Wagner, à dona Maria (diarista) e ao quiosque Jundu.

 

 Alunos da Fairfield University, em Ubatuba (SP)


Postado por PROFAUNA às 21/01/2018 14:00



Deixa seu comentario

Este projeto te interessa? Você pode colaborar conosco e solicitar mas informações. Entre em contato e saiba como ajudar.

Denuncie

O combate ao tráfico de animais silvestres é responsabilidade de todos nós e não apenas dos órgãos de fiscalização do poder público. Toda a sociedade tem de se envolver nessa luta! Sua omissão contribui para que animais continuem sendo vítimas dos traficantes. Saiba como denunciar e o que você pode fazer para ajudar.

Parceiros

Ajude o PROFAUNA

O PROFAUNA desenvolve diversos projetos para conservar a biodiversidade brasileira, com destaque para o combate ao tráfico de animais silvestres. A luta por um mundo mais justo, que respeita as diferentes formas de vida depende de todos nós. Sua participação nessa luta é muito importante!
Saiba como colaborar com nosso trabalho.